Rondônia

Rondônia 13/02/2019 11:05 G1 | Postado por Izabella Coelho - DRT 1587/RO

Grávida que sobreviveu a acidente na BR-364 perde bebê em Vilhena

Colisão entre picape e caminhonete deixou quatro mortos. Adolescente estava grávida de seis meses.

Uma das sobreviventes do acidente da BR-364, que aconteceu na sexta-feira (8) e deixou quatro mortos, perdeu o bebê em virtude do acidente. A informação foi confirmada pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) nesta terça-feira (12). A indígena, de 16 anos, estava grávida de seis meses.

Conforme a Sesai, foi constatado que a criança estava morta na barriga da mãe e, com isso, foi providenciado o parto induzido no domingo (10). Ela está estável e fora de risco. Os outros três sobreviventes, incluindo um bebê de dois meses, já havia recebido alta do Hospital Regional.

A Sesai informou que, após deixar o hospital, os indígenas são encaminhados para a Casa de Saúde Indígena (Casai) e depois são levados para a aldeia, quando estão totalmente restabelecidos.

O Hospital Regional informou, nesta terça-feira, que a paciente estava grávida de 25 semanas e perdeu o bebê por causa do trauma do acidente. Ela recebeu alta da unidade na segunda-feira (11).

Acidente envolveu picape e caminhonete da Sesai  — Foto: Ricardo Araújo/Rede Amazônica  

Acidente

A colisão entre uma picape e uma caminhonete da Sesai aconteceu na tarde de sexta-feira (8), no Km 43, e deixou quatro pessoas mortas. Outras quatro pessoas sobreviveram e foram levadas para o hospital do município.

Na picape estavam Nivaldo Ferreira de Araújo, de 62 anos e José Pereira da Silva, de 54 anos, que morreram na hora. Na caminhonete, o motorista transportava cinco indígenas da etnia Aikanã. O condutor, Adair de Oliveira, de 44 anos, também morreu no local.

Um dos passageiros, identificado como Talisson Aikanã, de 11 anos, morreu a caminho do hospital. Os velórios e sepultamentos de Nivaldo, José e Adair aconteceram em Vilhena. Já o corpo de Talisson foi levado para a aldeia Rio do Ouro, em Chupinguaia.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), chovia no momento do acidente. As causas do acidente estão sendo investigadas pela Polícia Civil.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo