Política

Brasil 16/05/2019 19:52 Da assessoria

Bancada de Rondônia pressiona ministro da Infraestrutura e garante recursos para a conservação da BR-364

O ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas recebeu na terça-feira (14), os parlamentares de Rondônia para tratar das obras de restauração da BR-364. Durante a reunião também foi abordado o corte de recursos anunciado pelo governo federal referente a malha rodoviária no Estado.
Participaram o senador Confúcio Moura (MDB), os deputados federais, Mauro Nazif (PSB), Lúcio Mosquini (MDB), Expedito Neto (PSD), Jaqueline Cassol (PP), Mariana Carvalho (PSDB), Sílvia Cristina (PDT) e Coronel Chrisóstomo (PSL), além do prefeito de Ariquemes, Thiago Flores (PSL), do diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), general Santos Filho e do superintendente do Dnit de Rondônia, Cláudio André Neves.
O deputado Lúcio Mosquini, coordenador da bancada, enfatizou que a reivindicação não é para se fazer nenhuma obra excepcional na BR-364, apenas o básico, que é a manutenção do pavimento. “Ficamos mais de hora na reunião com o ministro e conseguimos uma suplementação de R$ 20 milhões”, frisou o parlamentar.
Segundo Mosquini os recursos para a malha rodoviária no Estado de Rondônia foram reduzidos substancialmente este ano. “Em 2018 eram R$ 205 milhões e esse ano, R$ 116 milhões. Temos quase R$ 100 milhões a menos”, criticou.
Durante a audiência o ministro anunciou que o governo federal fez a licitação da ponte do Riozinho, em Cacoal, e afirmou que três empresas estão participando da licitação. “Nós agora vamos para a fase seguinte, que é a análise de habilitação, para que a gente possa refazer essa obra e, enfim, concluir o mais rápido possível”, explicou.
Em relação a ponte sobre o rio Madeira, na Ponta do Abunã, Tarcísio de Freitas, garantiu que vai tirar dinheiro de outra ação para completar os recursos da ponte do Abunã. “Com o dinheiro que temos hoje alocado, a ponte não acaba, e queremos terminar essa obra este ano. Em junho a gente quer concretar o último vão e vai ficar faltando apenas os acessos”, sublinhou.
Thiago Flores fez um pedido para que seja iluminado o trecho urbano da BR-364, em Ariquemes. Ele argumentou que a cidade é a única do Estado que a rodovia corta e não é iluminada. O ministro falou que será difícil atender esse pedido em 2019, mas que é possível programar os recursos para o orçamento de 2020. “Eu não vejo problema nenhum a gente fazer a iluminação, acho interessante que faça”, afiançou.

Assessoria de Comunicação


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo