Policia

Espigão do Oeste 17/03/2019 12:13 Fonte: Evisson Borges- DRT/001704-RO

Polícia identifica corpo encontrado e prende suspeito do crime em Espigão do Oeste

Na manhã deste sábado 16/03, a Polícia Civil em Espigão do Oeste foi acionada por populares onde o comunicante informou que havia encontrado um corpo jogado dentro de um bueiro próximo ao distrito do Pacarana.

Logo em seguida ao comunicado, os agentes de investigação da Polícia Civil junto com a sessão de inteligência da Policia Militar, deslocaram-se até o distrito na busca de maiores informações de um suposto homicídio, ao chegarem no local foram informados que o cadáver ali encontrado era um homem conhecido no patrimônio como sendo Isaque Amaro Alves, vulgo “NEGUINHO”, de 36 anos.

Os agentes continuaram as investigações do suposto homicídio e em contato com Sr. Elber, ex-patrão de “NEGUINHO”, informou aos agentes que ficou sabendo que, na noite do dia 11 para o dia 12 de março, aconteceu uma briga entre a vítima e mais alguns homens, quando estavam reunidos ingerindo bebida alcoólica, que após a briga a vítima não foi visto no distrito.

Uma testemunha relatou aos agentes que na noite do dia 11/03, ouviu gritos que saiam de dentro da residência de Neguinho, disse que alguém batia muito em “NEGUINHO” e logo o barulho cessou, que na residência morava também, Gustavo, Vulgo “BORÓ”, e que Gustavo a poucos dias havia tentado contra a vida de Isaque “Neguinho”, com um tiro de espingarda, alegando que Neguinho lhe devia dinheiro. Após ouvir relatos de populares de que a moto do suspeito havia ficado próximo ao local onde estava o cadáver sem gasolina, os agentes de Polícia saíram em busca de BORÓ, suspeito do homicídio de Neguinho.

Na busca pelo suspeito os agentes foram até a casa de Neguinho onde ao entrarem encontram duas poças grandes aparentando ser de Sangue, e várias marcas de respingos de Sangue pela casa e na porta de entrada da residência, sinais de luta corporal.

Os  agentes continuaram as  buscas  localizando Gustavo “BORÓ” que  estava escondendo-se  dos  agentes  em um local  ali próximo, após  ser  encontrado o  suspeito informou aos  agentes  que o mesmo  é foragido do Mato Grosso por um crime de homicídio, não relatando envolvimento com a morte de Neguinho, pelas  fortes evidencias a polícia deu voz de prisão  ao suspeito Gustavo “BORÓ” e encaminhando até  a UNISP em Espigão do Oeste onde prestou  esclarecimento ao delegado de plantão que  após o registro  dos fatos, o suspeito Gustavo permaneceu sob os  cuidados  da justiça para  que possam ser tomadas  as possíveis  medidas  ao caso.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo