Esporte

Campeonato rondoniense de futebol 30/01/2019 20:01 Secom - Governo de Rondônia

Com início do Campeonato Rondoniense, cães da PM intensificam treinamento para ações de guarda e proteção dentro do estádio

A atuação dos cães policiais do 4º Batalhão de Polícia Militar em Cacoal é imprescindível em diversas ações. Para contribuir, seja com o faro apurado na detecção de drogas ilícitas, nas ações de guarda e proteção e, também, em atividades de cunho social, os 17 cães que hoje integram o canil do 4ºBPM passam por treinamento diário.

Com o início do Campeonato Rondoniense de Futebol 2019 e com a volta do time do União Cacoalense à elite do futebol estadual, os cães do 4º BPM de Cacoal tiveram o treinamento intensificado para garantir a melhor atuação no estádio Aglair Tonelli.

Nos jogos do União Cacoalense, em Cacoal, cães serão utilizados para as ações de guarda e proteção, contribuindo para manter a paz no estádio. Nos últimos dias, por exemplo, o treinamento dos cães passou a contar com o uso de fogos de artificio. O objetivo é fazer com que os cães se adaptem ao barulho, que com certeza haverá no estádio.

“Nós tentamos trazer ao treinamento à realidade que os cães encontrão no estádio, no dia dos jogos. Serão muitos gritos da torcida e muitos fogos serão lançados, por isso estamos adaptando os cães ao barulho. O objetivo é que durante uma possível ação, a atenção deles não seja desviada pelos fogos de artifício”, destacou o sargento Alberto Alves, um dos responsáveis pelo adestramento dos cães do 4º Batalhão.

A primeira atuação dos cães do canil do 4º Batalhão de Polícia Militar acontece no dia 10 de fevereiro, no primeiro jogo do União Cacoalense no estádio Aglair Toneli.  Às 17 horas, o time enfrenta o Guaporé, de Rolim de Moura. Mas a estreia do time cacoalense acontece já neste domingo, em Ji-Paraná. Às 17h, o União entra em campo para enfrentar o dono da casa, o Ji-Paraná Futebol Clube.

Canil do 4º Batalhão de Polícia Militar

Entre as raças de cães que fazem parte do Canil do 4º Batalhão de Polícia Militar, estão o rottweiler,pastor malinois, labrador e b collie. Os cães são empregados na guarda, operações de choque, busca de drogas e ainda em apresentações da PM, como uma forma de demonstrar os trabalhos desenvolvidos no canil.

Além disso, os cães do canil do 4ºBPM são empregados em atividades sociais desenvolvidas pelo Batalhão, como o projeto CãoTerapia. O projeto é desenvolvido no Centro de Reabilitação Neurológica Infantil de Cacoal (Cernic) e também na Casa de Acolhida São Camilo. O CãoTerapia promove a interação dos cães com crianças com algum tipo de deficiência neuromotora, com câncer ou autista, e ainda com idosos da Casa de Acolhida São Camilo. A Terapia Assistida por Animais vem ganhando espaço em todo o país, pelos benefícios resultantes da interação entre os animais e pacientes.

 

Texto: Giliane Perin

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo