Educação

População 08/12/2018 12:59 Secom - Governo de Rondônia

Rondonienses propõem sugestões para melhorar uso da tecnologia da informação na educação

Com mais de seis meses da abertura das inscrições para a 5º edição do Prêmio Boas Ideias, a Superintendência do Estado para Resultado (EpR) está em fase de encerramento da votação aberta para escolha das melhores ideias no uso da “tecnologia da informação e comunicação na educação”. Categoria aberta para população. Interessados podem votar até o dia 13 de dezembro.

Nesse ano, é a segunda vez que a população pode participar do prêmio. Nas edições anteriores, a premiação era voltada somente para os servidores públicos. O Núcleo de Inovação Pública da EpR, analisou e verificou que a participação da sociedade teria outras soluções em relação aos serviços prestados pelo Governo de Rondônia. Em 2018, as ideias são, “A transparência do Ensino através da Tecnologia”, “Edubi”, Integrando e economizando com eficiência e tecnologia”, “Sistema único de acesso ao acervo bibliotecário das escolas estaduais de Ro”, “Escola Virtual”, Espaço planetário tecnológico estadual”, “App-Todos para todos”, “App Connecting-Conectando o saber através da plataforma de aprendizado colaborativo baseando em ZDP”, “Jornal de talentos” e “Organização e instalação de um planetário na cidade de Ariquemes”.

“As ideias com seus direcionamentos podem ser consultadas no site de votação. É importante lembrar para o público que os projetos ganhadores vão ser implantado e será usado pelo Governo e facilitar ao acesso da população”, fala Ricardo Fávaro, superintendente da EpR.

Com o encerramento das inscrições, a próximo passo é da entrega dos prêmios, cotada para acontecer no dia 17 de dezembro, às 9h, no Salão Nobre Rosilda Shoknees. Além da contribuição da ideia, os vencedores vão receber o montante de R$ 57 mil, sendo para o primeiro colocado R$ 13 mil, segundo com R$ 8 mil e R$ 6 mil para o terceiro, essa premiação abarca as duas categorias.

O prêmio recebeu nessa edição 96 ideias em forma de projeto. Para essa edição, a elaboração das ideias em forma de projeto foi pensada para maior facilidade de execução da proposta. A ideia é analisada na fase de elegibilidade que verifica a relevância da ideia. Depois passa avaliação técnica, onde viabilidade, impacto e inovação são analisados para implantação das ideias. Depois encerra com votação e premiação.

Após o encerramento, todos os finalistas vão participar de um curso de capacitação de aprimoramento da ideia em forma de projeto. “É muito importante para o governo não perder as pessoas que contribuem com as ideias. Por isso a capacitação para que eles possam sempre está participando, diz Epifânia Barbosa, gestora da Central de Inovação Pública. Todos os projetos inscritos ficam disponíveis para o governo usar devidamente ao seu interesse.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo